02

mar

2020
tipos de depilação: qual é a sua preferida?

Qual tipo de depilação faz mais sentido pra você?

Praticidade, conforto e resultado. Esses são alguns dos critérios que homens e mulheres utilizam na hora de avaliar um tratamento estético. Ainda mais quando o assunto é depilação, cujos procedimentos variam em técnicas, tecnologias e em resultados.

Embora o custo do procedimento ainda seja um fator relevante, o consumidor está cada vez mais exigente. Por isso, ele requer conhecer o diferencial de cada técnica antes de decidir por aquela que deixa a pele lisa, macia, bela e sem pelos.

Neste artigo, nós apresentamos os métodos depilatórios – com resultado temporário e de longa duração – que são a sensação entre os nossos clientes. Explicamos, ainda, outros critérios que você pode pontuar para fazer a escolha certa. Confira!

O que levar em consideração na hora de escolher o tipo de depilação ideal

Antes de explicar sobre a indicação para cada tipo de depilação, nós vamos listar os critérios que você deve levar em consideração na hora de escolher o método que melhor atende à sua necessidade. Vamos lá!

Tempo de crescimento do pelo

Os tipos de depilação podem ser divididos entre temporários e definitivos. Os temporários são muito indicados para quem não se incomoda com os pelos no corpo – e até curte tê-los -, assim como para pessoas cujos pelos crescem devagar ou são muito curtos. São eles: depilação com cera morna e depilação com linha. 

Já os chamados definitivos recebem esse nome porque seu resultado é de longa duração. Mesmo assim, eles exigem manutenção anual e os pelos podem retornar em caso de alterações hormonais. Pessoas que almejam ter uma pele lisa por tempo indeterminado sem precisar recorrer mensalmente à depilação, ou atletas que precisam de depilação esportiva para melhorar performance, podem lançar mão desse método. São eles: luz pulsada e depilação a laser.

Pelos encravados

É comum nascer pelos encravados após depilação com cera morna e com linha. Quando o pelo é retirado pela raiz, os poros da pele começam a queratinizar para protegê-lo. Logo, quando o pelo começar a crescer novamente, uma camada de queratina envolve o folículo inflamando-o e enfraquecendo-o, por isso, ele tem dificuldade de vencer essa barreira e se encurva para dentro da pele, causando o encravamento.

A melhor solução para quem tem tendência a foliculite é a depilação a laser, que destrói o folículo durante a aplicação do laser.

Cuidados com o sol no dia seguinte

A exposição ao sol deve ser evitada após a depilação. Isso porque a sensibilidade da pele aumenta devido a retirada de uma de suas camadas protetoras, que é o pelo. Além disso, alguns métodos sensibilizam mais que outros por causa da escolha equivocada da tecnologia empregada, que pode agredir a pele.

A cera morna e a linha com cera são os métodos depilatórios menos agressivos, pois não utilizam produtos químicos para eliminar o pelo. Por isso, já no dia seguinte, a pessoa depilada com essas técnicas pode ser exposta ao sol, desde que se proteja com o protetor solar. 

Enquanto isso, pessoas que fizeram uso recente de luz pulsada ou depilação a laser devem evitar a exposição ao sol por, pelo menos, 15 dias após a sessão. As tecnologias utilizadas por essas opções de remoção de pelo são mais invasivas à pele, tornando-a vulnerável a manchas e queimaduras solares.

4 tipos de depilação

Os tipos de depilação existentes hoje no mercado de remoção de pelos são diferentes, principalmente por suas tecnologias e métodos. No entanto, todos possuem excelentes resultados. 

1. Depilação com cera morna

O uso da cera morna faz parte de uma técnica de depilação bastante convencional. A eficiência e durabilidade elevam o seu padrão de qualidade, tornando o método um dos mais utilizados por quem almeja uma pele sem pelos.

O que é: 

O principal produto desta técnica é a cera morna produzida à base da cera de abelhas. Ela é aplicada em temperatura agradável sobre a pele e, após alguns segundos, é retirada juntamente com os pelos pela raiz. Diferente da cera fria, cujo produto é usado em temperatura ambiente, mantendo os poros fechados e mais resistentes, a cera morna agride menos a pele e causa menos dor.

Quando apostar nesta opção: 

A depilação com cera é ideal para a remoção urgente de pelos. É prática porque a sessão é rápida e não exige muito cuidado após o procedimento. Além disso, após a remoção com cera morna, o pelo começa a nascer entre 15 e 20 dias.

Indicada para qual tipo de pele: 

A depilação com cera é considerada segura para peles sensíveis em função do material que possui propriedades hidratantes e cicatrizantes, e isso facilita também o seu uso em quaisquer outras partes do corpo. Ou seja, ela não possui restrições de uso, a não ser que a pessoa possua alergia ao material utilizado no procedimento.

2. Depilação com linha

Já faz alguns anos que a depilação com linha se tornou uma sensação entre os adeptos da remoção de pelos. Também conhecida como depilação egípcia, a técnica é ágil e muito eficiente, pois remove uma linha inteira de fios de uma só vez.

O que é: 

A depilação com linha é milenar, originada no Oriente Médio. Ela utiliza linha 100% algodão para evitar lesões na pele. Essa linha é torcida entre as mãos da profissional de forma a assegurar o manuseio e o deslizamento na pele do cliente.

Quando investir nessa opção: 

Este tipo de depilação é ideal para remoção de pelos curtos e muito fininhos. Pessoas que sofrem muito com dor ou possuem peles sensíveis podem lançar mão da depilação com linha, pois ela causa ligeira fricção na pele, causando pouco desconforto. Em média, os pelos removidos com linha voltam a crescer após aproximadamente 20 dias.

Indicada para qual tipo de pele:

A depilação com linha é indicada para todos os tipos de pele, inclusive as sensíveis, assim como para quaisquer áreas do corpo. A técnica não é agressiva, uma vez que o seu único material é a linha de algodão, sem nenhum produto químico. Isso significa, também, que é higiênica, pois não provoca alergia e nem deixa a pele irritada.

3. Luz Pulsada

A luz pulsada é um dos tipos preferidos de depilação por quem busca ficar sem pelo por mais tempo. Ela foi desenvolvida para aumentar a durabilidade dos resultados depilatórios, reduzindo a recorrência de manutenções como acontece com a depilação com cera morna, por exemplo.

O que é:

A depilação por luz pulsada é popularmente chamada de fotodepilação. Ela age emitindo pulsos de luz sobre a pele, que gera um efeito térmico sobre o folículo piloso, enfraquecendo-o e eliminando-o. A luz desse depilador é menos potente que o laser, mas é capaz de retardar o crescimento de novos pelos.

Quando escolher este tipo de depilação:

Este tipo de depilação não pode ser chamado de depilação definitiva, apesar de eliminar até 90% dos pelos durante a sua aplicação. Mas, em comparação aos métodos anteriormente citados, a luz pulsada é uma ótima opção para quem deseja uma pele macia e lisa por mais tempo. No entanto, vermelhidão e manchas podem aparecer, a depender da sensibilidade da pele. Por isso, é importante evitar a exposição ao sol em curto tempo após o procedimento.

Indicada para qual tipo de pele:

A luz pulsada pode ser aplicada em qualquer região do corpo e do rosto, exceto na região dos olhos. Trata-se de um tipo de depilação perfeita para qualquer pessoa em qualquer idade. Mas, mesmo que seja indicado para peles de qualquer tonalidade, é possível que os resultados sejam mais eficazes em peles claras e pelos mais escuros, uma vez que a luz é atraída pelo pigmento escuro.

4. Depilação a Laser

As tecnologias de depilação a laser têm evoluído tanto que o método tem sido um dos mais procurados nos últimos tempos. Isso significa que ela nunca sai da lista de tendências quando o assunto é o tratamento estético com melhores resultados.

O que é:

Diferentemente da depilação por luz pulsada, a depilação a laser pode ser chamada de depilação definitiva. Ela elimina gradativamente até 95% dos pelos em 10 sessões. A depilação a laser é superconfortável, pois sua tecnologia possui uma ponteira com sistema de refrigeração que impede o incômodo de ardência e dor durante a aplicação. A tecnologia a laser também possui a vantagem de inibir o crescimento de novos pelos, pois ela destrói os folículos pilosos. 

Quando optar por este tipo de depilação:

A depilação a laser é bastante indicada para quem não deseja se preocupar com a recorrência da depilação, pois a durabilidade do resultado é maior. Pessoas que possuem foliculite e outras patologias que envolvem o crescimento de pelos também veem a depilação a laser como uma importante aliada, pois reduz os pelos encravados.

Indicada para qual tipo de pele:

Como dissemos anteriormente, sua tecnologia avançou bastante. Por isso, se antes a depilação a laser era indicada apenas para quem tinha a pele clarinha e pelos mais escuros e grossos, hoje a tecnologia permite que pessoas de tons de pele negra e com pelos finos, claros e ruivos sejam atendidas com eficiência.

Prontinho! Agora você já conhece os prós e contras de cada método depilatório, encontre a loja mais próxima para realizar a sua depilação.

Você também pode gostar de:
Mais que depilação, temos diversas soluções para o cuidado do pelo. Serviços diferenciados, em um mesmo lugar, para atender todas as necessidades dos nossos clientes.
"Nossa missão é transformar vidas promovendo o bem-estar e autoestima das pessoas, respeitando a individualidade e a liberdade de ser o que quiser.

Somos referência nacional em depilação e pioneiros no segmento. Com mais de 20 anos de mercado, uma técnica exclusiva e atendimento diferenciado, carregamos a mesma essência em todas as mais de 100 lojas no Brasil e Venezuela. Nossa única preocupação na Depyl Action é proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência em cuidados com o pelo.

Este é o nosso compromisso com você."


Danyelle Van Straten,
Diretora da Depyl Action