10

out

2019
Pelo na menopausa

Pelos na menopausa: você sabe o que muda nessa fase?

O surgimento ou crescimento incomum de pelos na menopausa é uma alteração que pode fazer parte dessa fase da vida da mulher. Denominado hirsutismo, o aumento da quantidade de pelos na mulher em locais comuns ao homem — especialmente no rosto — não acarreta nenhum problema grave, além do incômodo, e é uma questão que pode ser facilmente resolvida.

Através de tratamentos estéticos ou medicamentosos, de acordo com cada caso, é possível manter a autoestima elevada durante todo esse período tão natural do organismo feminino.

Você está passando por isso ou conhece alguém nessa situação? Então venha entender sobre o assunto e compartilhe esse artigo que explica um pouco sobre o tema, suas causas e quais as opções de tratamento. Acompanhe!

Menopausa: quais as principais alterações

A menopausa é a fase da vida da mulher que indica que ela deixou de ser fértil. Marcada também pelo término da menstruação, mostra que o estoque de óvulos chegou ao fim, apontando para a finalização de sua fase reprodutiva.

A idade em que uma mulher entra na menopausa varia devido a inúmeros fatores, incluindo os genéticos. Em média, por volta dos 45 anos, o corpo deixa de produzir os hormônios femininos, especialmente o estrogênio.

Com a queda desse hormônio, responsável pelo controle da ovulação, surgem os sintomas característicos desse período. Aqui, vale lembrar que nem todas as mulheres apresentam os mesmos sinais ou passam por todos eles. 

Bem pontual de cada organismo, de modo geral, a menopausa se manifesta da seguinte maneira:

  • alterações físicas: diminuição do brilho da pele e favorecimento do acúmulo de gordura, especialmente na região da barriga, ou ganho de peso de maneira geral;
  • sintomas vasomotores: as características ondas de calor da menopausa, também conhecidas como fogachos;
  • incontinência urinária: causada devido à perda de elasticidade dos tecidos da vagina e da uretra;
  • disfunção sexual: diminuição da libido e desconforto vaginal durante as relações por conta da baixa lubrificação;
  • osteoporose: perda da densidade óssea causada pela queda do estrogênio, contribuindo para fraturas;
  • descontrole do colesterol: alterações nas taxas do HDL (colesterol bom) e do LDL (colesterol ruim).

Se porventura você sentir algum desses sintomas, uma das maneiras mais eficazes de reduzi-los é com a reposição hormonal. Como a indicação do uso do estrogênio e da progesterona também é individual para cada mulher, é fundamental ter acompanhamento médico durante o tratamento.

Pelos na menopausa: o que causa essa mudança

Os pelos na menopausa são outro ponto de mudança que pode ser notado por algumas mulheres. Eles também surgem devido à queda da produção dos hormônios e nascem especialmente na região do rosto (queixo, buço e costeletas).

O hirsutismo, nome dado a essa disfunção, não apresenta nenhum risco para a saúde, nem é indicativo de outras doenças, somente gera certo desconforto e pode comprometer a autoestima.

Quando isso acontece, buscar opções de tratamento para remover os pelos na menopausa é o mais indicado, caso esteja causando incômodo.

Mas o que é afinal o hirsutismo?

O hirsutismo, como já citado acima, é uma disfunção que afeta especialmente as mulheres identificado pelo crescimento de pelos na menopausa. Ele também pode se manifestar durante a idade fértil feminina. Porém, nesse caso, seu fator desencadeante não é necessariamente relacionado com a queda de produção hormonal.

Sua principal característica é o nascimento de pelos em áreas do corpo que seriam naturais nos homens, tais como no rosto, especialmente na região da barba e bigode; ao redor dos mamilos; no tórax; na barriga; na parte interna das coxas e nas nádegas.

Tratamentos para remoção de pelos na menopausa: quais os mais indicados

A boa notícia é que se o aumento de pelos na menopausa é uma questão que pode ser incômoda, ao mesmo tempo é também facilmente resolvida.

Dependendo do estágio do hirsutismo, o uso de medicamentos à base de estrogênio e progesterona contribui para reduzir o crescimento dos pelos. Mas por ser um tratamento medicamentoso, podem surgir alguns efeitos colaterais, além da demora em notar os primeiros resultados.

Por isso, os tratamentos estéticos são tão indicados para a remoção dos pelos na menopausa. Além de apresentarem resultados imediatos, eles ajudam a melhorar a autoestima de maneira geral.

O uso de lâminas pode até ser a primeira ideia a surgir na mente de quem quer resolver logo essa questão. Porém, essa é uma alternativa bastante temporária, visto que logo os pelos crescem novamente.

Entre os tratamentos estéticos mais indicados para remoção de pelos na menopausa está a depilação, por meio de métodos como cera morna, luz pulsada ou laser. Cada um possui técnicas específicas que visam remover o pelo, contribuindo para o seu enfraquecimento e redução.

Essas são apenas algumas sugestões de tratamento. Pois, existem diversas outras alternativas para remoção dos pelos na menopausa que podem resolver o problema. Encontre a que melhor atenda a sua necessidade e lembre-se que o fundamental é não deixar que esse quadro temporário comprometa seu bem-estar e sua qualidade de vida. Há solução para ele!

Por isso, busque sempre novidades e meios de se sentir bem com você. Uma forma de conseguir isso é assinando nossa newsletter. Assim, sempre que postarmos conteúdos como esse, você será avisada e ficará por dentro de tudo!

Você também pode gostar de:
Mais que depilação, temos diversas soluções para o cuidado do pelo. Serviços diferenciados, em um mesmo lugar, para atender todas as necessidades dos nossos clientes.
"Nossa missão é transformar vidas promovendo o bem-estar e autoestima das pessoas, respeitando a individualidade e a liberdade de ser o que quiser.

Somos referência nacional em depilação e pioneiros no segmento. Com mais de 20 anos de mercado, uma técnica exclusiva e atendimento diferenciado, carregamos a mesma essência em todas as mais de 100 lojas no Brasil e Venezuela. Nossa única preocupação na Depyl Action é proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência em cuidados com o pelo.

Este é o nosso compromisso com você."


Danyelle Van Straten,
Diretora da Depyl Action