07

maio

2019
Gestão de franquias para iniciantes

Gestão de franquias: 7 dicas para iniciantes

Atualizado em 09/09/2019 às 15:28

As franquias já estão consolidadas no mercado comercial brasileiro. São mais de 2.800 marcas na área que, somente em 2017, faturou quase 164 bilhões de reais, de acordo com o balanço da Associação Brasileira de Franchising. Para quem está iniciando, o cenário é bem promissor. No entanto, para chegar ao sucesso na gestão de franquias, é imprescindível conhecer algumas particularidades deste modelo de negócio.

Mas não se preocupe, empreendedor e empreendedora! Reunimos, neste post, 7 dicas infalíveis de uma boa administração para você conseguir alavancar seu negócio.

Antes de tudo, é importante esclarecer que a marca da franquia por si só pode até garantir uma maior visibilidade para o franqueado, entretanto, o conhecimento, a organização e o trabalho diário são os atributos que realmente contarão para definir o destino da sua jornada. Agora, vamos ao que importa!

1. Conheça bem o mercado

O primeiro passo para todo e qualquer franqueado é se familiarizar com o mercado onde irá atuar. É fundamental pesquisar e conhecer seus aspectos positivos e negativos, mapear as oportunidades e ameaças no cenário do momento, entender os desejos do público-alvo do negócio, entre outras particularidades desse modelo.

Quanto mais conhecimento sobre o setor você tiver, mais chances de compreender o mercado e prosperar nele.

2. Faça o controle financeiro

Antes mesmo de o negócio estar a pleno vapor, é preciso iniciar o gerenciamento financeiro para melhor realizar a gestão da própria franquia. Essa etapa consiste em acompanhar o controle de custos fixos e variáveis, despesas fixas e variáveis, fluxo de caixa, impostos, recebimentos e pagamentos.

Outro hábito comum entre empreendedores de primeira viagem é misturar as contas pessoais com as contas da empresa. Por amor à sua franquia, evite adotar esse comportamento!

Ele pode maquiar os números reais do seu negócio, como o faturamento líquido, e a longo prazo prejudicar a tomada de decisão com base nesse demonstrativos de resultados — encobrindo o sucesso ou o fracasso iminente. Se quer ler mais sobre esse assunto, temos um post que fala justamente sobre a separação de contas pessoais e profissionais aqui.

3. Capacite-se

Gestão de franquias é sinônimo de treinamento e capacitação, em primeiro lugar, de quem está à frente do negócio: você! É que atuar no mercado de franchising, além do tino para empreender, pede habilidade no trato com pessoas para um melhor acompanhamento da equipe.

Então, se essa competência você (ainda) não tem, busque-a agora. Invista em capacitações mesmo que você pretenda contratar uma pessoa para assumir a função. Afinal, você seguirá com a missão de decidir dentro de um organismo empresarial, ok?

4. Treine sua equipe

Feitos os seus treinamentos, é hora de ir além: capacite sua equipe, orientando-a para os objetivos do negócio. Um time de pessoas conectadas pelo mesmo propósito é peça chave para uma boa gestão de franquias. Além disso, o mercado se renova com frequência, então, é preciso ter uma equipe antenada e capacitada para atendê-lo.

5. Preserve as diretrizes da franqueadora

No mercado de franchising, uma das principais características é a padronização do negócio não só com a marca, mas também com os processos. A franqueadora é responsável por fornecer diretrizes, como missão, visão e valores diante do mercado, e franqueados seguem essas orientações. Preservar os passos de quem já tem conhecimento na área garante um bom adiantar no caminho para o sucesso, ok? Já ter esses direcionamentos é uma das vantagens na gestão de franquias.

6. Organize sua rotina

Assim como em qualquer empresa, a gestão de uma franquia também requer planejamento e muito trabalho. É comum vermos franqueados se perderem na rotina administrativa do próprio negócio. E os motivos são vários: equipe enxuta, pouca experiência, problemas com tecnologia, entre outros. Então, uma dica infalível, ainda que não solucione a cachoeira de demandas, é organizar a própria rotina para retomar o controle da gestão.

O objetivo é mais sutil: fazer com que você tenha total clareza dos passos que está tomando e possa assumir o papel mais estratégico que lhe cabe dentro da administração: tomar decisões para o futuro do negócio e focar na manutenção do controle de qualidade — que, inclusive, é o tema do nosso próximo tópico.

7. Mantenha a qualidade da franqueadora

Garantir o padrão de qualidade prestado pela franqueadora é condição indispensável para sua continuidade no mercado. Além de ser exigência seguir esses parâmetros, vale destacar que o cliente da marca já chega à unidade franqueada educado para receber determinado produto ou serviço, com um valor já agregado. Ou seja, não aceita menos do que aquilo que já conhece.

Nesse sentido, em uma franquia é preciso reforçar esses atributos positivos, que já existem na expectativa do público, ok? Então, evite então as chances de erro: garanta que sua unidade mantenhas os padrões de qualidade da marca. Isso inclui atendimento, material de trabalho, equipe capacitada e divulgação!

Viu só? Com conhecimento e empenho, o sucesso na gestão de franquias é garantido. Agora queremos saber: quais destes pontos serão mais desafiantes na sua trajetória de franqueada? Deixe seu comentário! Quem sabe não trazemos mais dicas? 😉

Você também pode gostar de:
Mais que depilação, temos diversas soluções para o cuidado do pelo. Serviços diferenciados, em um mesmo lugar, para atender todas as necessidades dos nossos clientes.
"Nossa missão é transformar vidas promovendo o bem-estar e autoestima das pessoas, respeitando a individualidade e a liberdade de ser o que quiser.

Somos referência nacional em depilação e pioneiros no segmento. Com mais de 20 anos de mercado, uma técnica exclusiva e atendimento diferenciado, carregamos a mesma essência em todas as mais de 100 lojas no Brasil e Venezuela. Nossa única preocupação na Depyl Action é proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência em cuidados com o pelo.

Este é o nosso compromisso com você."


Danyelle Van Straten,
Diretora da Depyl Action