25

out

2018
retorno-investimento-em-franquias

Retorno de investimento em franquias: o que é e como calcular?

Retorno de investimento em franquias é o cálculo estimado do tempo que você levará para obter lucros suficientes para a volta do dinheiro investido. Leva em consideração todas as variáveis do negócio como taxas de franquia, aquisição do ponto comercial, reformas, capital de giro, entre outras, e é um indicativo imprescindível para o franqueado assegurar a sustentabilidade financeira da empresa, bem como sua sustentação no mercado.

Saber exatamente o que é essa métrica e como calculá-la é habilidade essencial, especialmente, para quem deseja investir em franquias.

Neste post, mostraremos agora passo a passo para você entender e desmistificar de uma vez por todas as promessas que envolvem os números de um Retorno de investimento. Preparado?

Como é calculado o retorno de investimento em franquias?

A conta é simples: consiste em dividir o valor investido pela média de lucro mensal. Por exemplo, se foram 500 mil reais depositados no negócio e o lucro por mês é de R$20 mil reais, o franqueado terá o retorno de investimento em pouco mais de dois anos. Em números: R$500.000/ R$20.000 = 25 meses. Para chegar ao valor de 500 mil reais, é preciso considerar todos os custos que serão necessários à concretização da franquia. São eles:

  • taxa de franquia: obrigatória para dar o direito ao franqueado ingressar na rede franqueadora;
  • capital de giro: dinheiro mínimo necessário para manter as operações do negócio, como estoque, pagamento de fornecedores, etc;
  • aquisição de ponto comercial: valor da compra ou aluguel mensal;
  • reforma do espaço: dinheiro utilizado para manutenção e adequação do espaço físico ao propósito da franquia;
  • compra de equipamentos;
  • royalties da franquia: taxa mensal paga para utilização da marca e conhecimento da franquia até o final do contrato.

Variáveis do ROI

Acontece que, para chegar aos números acima mencionados, é preciso analisar aspectos mais subjetivos do que contas. Qual é o cenário econômico? Como anda o aquecimento do segmento da franquia? Qual é o nível de empenho do franqueado com o negócio? Esses fatores, que não podem ser mensurados em números reais, influenciam diretamente no retorno de investimento.

Para estimar o valor do lucro mensal, por exemplo, é importante acompanhar os resultados de uma unidade construída em cenário similar ao que você pretende iniciar sua empresa. Assim, terá uma noção de qual o estoque demandado por um público que é parecido com o seu, qual fluxo de caixa necessário para manter a operação e, claro, os custos do local para gerar determinado volume de vendas.

Outra habilidade fundamental para empreender como franqueado é ter metas bem definidas para atingir o tempo estimado do ROI. Um resultado considerado bom em redes de franquias é um retorno de investimento entre 24 e 36 meses. Mas cada situação é um caso a ser analisado individualmente, ok? Nesse sentido, fica claro que se pararmos a análise na conta básica citada acima, a interpretação dos números da franquia certamente será equivocada.

Mitos e verdades do investimento em franquias

A franqueadora ajuda a garantir o retorno do investimento

Verdade! A relação entre franqueado e franqueadora é ganha-ganha. Ambos desejam o sucesso da nova unidade e devem trabalham em conjunto, cada um no seu papel, para obter o retorno de investimento dentro ou mais rápido que o prazo estimado. Ao franqueado cabe o trabalho de gestão e execução do negócio; e à franqueadora cabe elaborar estratégias de marketing, acompanhar do desempenho da unidade e disponibilizar consultorias para os novos integrantes da rede.

Volume de vendas é determinante para um retorno rápido

Mito! A relação decisória para um retorno rápido de investimento está entre o volume de vendas e o custo por negócio. Afinal, se há um gasto muito grande para cada venda, analisar somente a quantidade de transações pode maquiar o real desempenho da unidade franqueada.

É possível ter um retorno de investimento rápido

Verdade! Fatores como o empenho do franqueado com o negócio, otimização dos custos dos processos e a implantação da franquia em condições mais favoráveis do que a prevista no plano de negócio podem levar a unidade a ter resultados mais expressivos e, consequentemente, gerar lucro maior do que o esperado. Assim, provavelmente, o retorno de investimento será mais rápido.

Os prazos de retorno são garantidos

Mito! Como já dissemos neste post, o cenário onde a unidade franqueada será implantada pesa muito no desempenho do negócio. Aspectos como o espaço físico e as reformas necessárias para adequação ao propósito da franquia; custos da operação em determinado local; a movimentação do setor e a dedicação do gestor são determinantes para a estimativa de um retorno. Por isso, é importante observar a experiência de unidades similares a sua, ok?

Bom, agora que você já tem uma noção sobre as variáveis necessárias para o cálculo do Retorno de Investimento em franquias, fique atenta a informações taxativas demais sobre o assunto. Sabemos que esse prazo pode ser bem maleável e, claro, muito diferente na prática, não é mesmo?

Afinal, um retorno mais demorado não significa certeza de fracasso, assim como um retorno mais rápido representa absoluto êxito. São situações que merecem análises individuais!

Você também pode gostar de:
Conheça a rede especializada em depilação que irá mudar sua experiência com a remoção de pelos.
"Desde o cuidado com a higiene e segurança, até o nosso método exclusivo (desenvolvido especialmente para ser mais suave e delicado), nossa única preocupação na Depyl Action é proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência de depilação do mercado.

Este é o nosso compromisso com você."


Danyelle Van Straten,
Diretora da Depyl Action