Festa junina: a tradição merece ser celebrada

Neste ano, as celebrações de Festa Junina terão que ser em casa, mas isso não quer dizer que não podemos curtir esse evento tão tradicional e cheio de significados. Por isso, prepare as suas delícias preferidas, pegue sua camisa xadrez e arraste o sofá para dançar quadrilha e um bom forró. 

Veja as nossas dicas para montar o São João em casa. Anarriê!

Decoração de festa junina

Boa parte da alegria da festa junina vem da decoração colorida que é a cara do Brasil, principalmente do nordeste. Então nada de desanimar e fazer só os pratos típicos: entre no espírito e arrume a mesa e a sala pra uma noite divertida. 

Para isso, você não precisa gastar quase nada. Use papéis coloridos para fazer bandeirinhas e balões e use barbantes para amarrar tudo. Coloque uma toalha de mesa de cor bem vibrante e pronto. 

Receitas de festa junina

Os quitutes juninos são desejados o ano todo. Então chegou a hora de comer de tudo sem culpa. Selecionamos deliciosas receitas para você deixar a sua festa de São João irresistível!

Delícias juninas

Canjica Nordestina

A canjica nordestina é uma variação do curau, o diferencial é que nesta delícia é adicionando o leite de coco. 

Você vai precisar de: 

  • 10 espigas de milho
  • 1 litro de leite de coco
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • 2 colheres de sopa de manteiga

Modo de preparo

  • Lave bem as espigas e retire os milhos do sabugo com uma faca bem amolada.
  • Liquidifique os grãos com a metade do leite de coco.
  • Passe em uma peneira para deixar só o caldo.
  • Leve ao fogo com o sal.
  • Mexa até engrossar, colocando o restante do leite de coco até sentir que está grosso.
  • Ao levantar a colher e a massa cair devagar, coloque o açúcar e continue mexendo. Atenção: é preciso força para mexer.
  • Adicione a manteiga e deixe cozinhar por 30 minutos. Caso necessite de mais açúcar e sal, tempere novamente a gosto.
  • Retire do fogo e com ajuda de uma concha coloque nas travessas ou taças.
  • Sirva com canela.

Fonte: Tudo Gostoso

Mungunzá

No nordeste é Mungunzá, em outras regiões é conhecido como canjica. O importante é que essa iguaria é irresistível em qualquer parte do país. Quer aprender como fazer? Então anote a receita.

  • 1 pacote de 500g de milho para mungunzá
  • 1 litro de leite
  • 750 ml de água
  • 1 pitada de sal
  • 2 paus de canela
  • 5 cravinhos da índia
  • 1 e ½  lata de leite condensado
  • 200g de leite de coco
  • 1 pacote de flocos de coco ralado grosso
  • 1 lata de creme de leite
  • 5 colheres de açúcar
  • Canela em pó para polvilhar

Modo de Preparo

  • Lave o milho e deixe de molho por algumas horas, adicionando o açúcar e uma pitada de sal.
  • Cozinhe na panela de pressão por 10 minutos com ½  litro de leite, cravinhos e a água.
  • Verifique se está macia.
  • Se não estiver, passe a checar a cada 10 minutos.
  • Desligue o fogo e espere ficar morno para abrir a panela.
  • Troque de panela e acrescente o restante dos ingredientes e leve ao fogo novamente. 
  • Separe duas conchas do mungunzá e bata no liquidificador com 1/2 xícara de leite, e misture ao restante. Espere engrossar. 
  • Sirva polvilhada com canela em pó.

Fonte: Receitas Globo

Mungunzá

Amendoim Cozido

O amendoim é uma das estrelas das festas juninas e a receita dele cozido não pode faltar por aqui. Você vai precisar de:

  • 1 kg de amendoim cru com casca
  •  Sal a gosto

Modo de preparo

  • Em uma peneira, lave bem o amendoim em água corrente.
  • Em uma vasilha, deixe-o de molho em água por uma noite.
  • Transfira para a panela de pressão, cubra com água e adicione sal.
  • Cozinhe em fogo médio por uma hora depois que começar a chiar.
  • Espere sair toda a pressão e só então abra a panela.
  • O amendoim deve estar macio, com a casca abrindo com facilidade.
  • Sirva morno ou frio. 

Fonte: Cláudia

Paçoca 

Falou em doce de festa junina, pensou paçoca. Ela está entre as opções mais amadas do país. Tipicamente brasileira, ela não sai de moda em nenhuma época do ano.

Para fazer essa delícia você vai precisar de:

  • ½  kg de amendoim torrado, sem sal e sem pele
  • 2 xícaras de açúcar
  • ½  de farinho de milho amarela
  • 1 colher de café de sal

Modo de Preparo

  • Pegue o amendoim torrado, o açúcar, a farinha de milho e o sal, coloque-os em um triturador ou liquidificador. Processe até fiquem bem triturados e homogêneos.
  • Coloque a mistura, socando com as mãos e modelando, em forminhas de sua preferência.
  • Desenforme e está pronto para consumir

Fonte: Receitas Globo

Bolo de Milho

Bolo de Milho

Bolo é bom o ano todo, mas as festas juninas ele não pode faltar! Para o bolo de milho você vai precisar de:

  • 4 espigas de milho-verde
  • ½  xícara (chá) de água
  • ½  xícara (chá) de óleo
  • 1 lata ou caixinha de leite condensado
  • 3 ovos
  • 1 e ½  xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • ½ colher (sopa) de açúcar de confeiteiro para polvilhar

Modo de preparo

  • Debulhe o milho, cortando os grãos rente ao sabugo. 
  • Em um liquidificador, bata o milho com a água. 
  • Passe por uma peneira e retorne o creme de milho no liquidificador.
  • Junte o óleo, o leite condensado e os ovos. Bata bem. 
  • Em um recipiente, despeje essa mistura, acrescente a farinha de trigo, o fermento em pó e misture bem. 
  • Despeje a massa em uma forma redonda de furo central (20 cm de diâmetro) e leve ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 40 minutos ou até que, espetando um palito na massa, este saia limpo. 
  • Espere amornar, desenforme, polvilhe o açúcar de confeiteiro e sirva a seguir.

Fonte: Receitas Nestlé

Bolo de aipim

Como bolo nunca é demais, trouxemos também a receita feita com aipim. Anote os ingredientes:

  • 3 ovos
  • 3 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1 garrafa pequena de leite de coco (para a massa)
  • Coco seco ralado e alguns pedacinhos de coco
  • 1 kg de aipim ralado ou passado no processador
  • Leite de coco para regar o bolo

Modo de preparo

  • Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até ficar cremoso.
  • Junte os ovos inteiros e bata bem.
  • Alterne o aipim com o leite de coco e continue a bater (se ficar pesado, acrescente um pouco mais de leite de coco).
  • Por último, acrescente um pouco de coco ralado e alguns pedacinhos de coco. Mexa com a colher.
  • Unte e enfarinhe a forma
  • Asse em forno pré-aquecido, por cerca de 40 minutos ou até dourar.
  • Regue o bolo com leite de coco enquanto assa (2 ou 3 vezes).

Fonte: Tudo Gostoso

Quentão

Nem só de comidas se faz uma festa junina. O quentão aquece até os corações mais frios, além de ser uma deícia. Quer aprender a fazer? Então anote aí!

  • 3 xícaras (chá) de cachaça
  • 2 xícaras (chá) de água
  • 1 e ½ xícara (chá) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de gengibre ralado (um pedaço de cerca de 3 cm x 3 cm)
  • Casca de 1 laranja
  • Casca de 1 limão
  • 2 paus de canela
  • 5 cravos-da-índia
  • 2 mini maçãs (opcional)

Modo de preparo

  • Numa caçarola média, coloque o açúcar, o gengibre ralado, as cascas de laranja e de limão, a canela e o cravo. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar até o açúcar derreter completamente e formar um caramelo dourado – mexa de vez em quando para não queimar. 
  • Retire a panela do fogo e regue com a água aos poucos. Cuidado: se a panela estiver muito quente o líquido pode borbulhar. Mexa delicadamente para misturar – não se preocupe se parte do açúcar endurecer, ele vai dissolver durante o cozimento. 
  • Volte a panela ao fogo médio e misture a cachaça. Assim que começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 25 minutos. 
  • Enquanto o quentão cozinha, lave e seque as maçãs. Corte cada uma em 4 metades e descarte as sementes e o cabinho. Apoie o lado cortado de cada metade na tábua e faça fatias finas. 
  • Desligue o fogo e, com uma concha, sirva o quentão direto da caçarola. 
  • Distribua as maçãs nas canecas e sirva a seguir.

Fonte: Panelinha

Quentão

Celebre a festa junina com a gente!

Aqui na Depyl Action é sempre uma festa te receber! Por isso, você está convidado para o nosso arraiá! Se jogue em nossa quadrilha da cera morna, no arrasta pé do design de sobrancelhas e no xote da luz pulsada. 

Melhor que isso, só canjica e quentão! 

One Reply to “Festa junina: a tradição merece ser celebrada”

  1. Isabelle Deogene Santos says: Responder

    Hummm que delícia! Vou fazer algumas receitas. Simplesmente AMO esse período do ano.

Deixe uma resposta