07

nov

2016

Cores de pele e resultados da fotodepilação: entenda mais!

Atualizado em 09/09/2019 às 15:30

A fotodepilação já se revela como uma solução animadora para quem quer se livrar dos pelos. Dizer adeus à lâmina, que causa coceiras e também pode provocar alergias, parece um sonho, não é mesmo?

Mas você sabia que a fotodepilação exige alguns cuidados especiais? Para fazer esse procedimento, é necessário que o profissional avalie idade, saúde, estilo de vida do paciente e verifique se ele tem uma das tonalidades de pele que podem passar por fotodepilação. Quer saber mais sobre isso? Acompanhe!

Como funciona a fotodepilação?

A fotodepilação é um método de depilação duradoura feita com a aplicação de uma luz difusa sobre os pelos. Essa técnica também é chamada de Luz Pulsada, já que utiliza vários tipos de luz (que não são lasers) em diferentes comprimentos de ondas.

Pelo processo, a luz atinge a pele e é atraída pela melanina dos pelos. O resultado é o enfraquecimento do bulbo do pelo e sua queda após uma ou duas semanas, em média. Para atingir os diversos comprimentos e espessuras de pelos, são usados comprimentos diferentes de luz.

Esse método, ao contrário do laser, não destrói a raiz germinativa do pelo. Por isso, depois de um ano, mais ou menos, é necessário fazer sessões de manutenção de fotodepilação. Também são necessárias várias sessões para ter um efeito completo, mas isso também depende das características da pessoa e da parte do corpo que está sendo depilada. Embora exija certo investimento, acaba apresentando um ótimo custo-benefício: dura muito tempo e tem menos complicações que outros métodos de depilação.

Quais características devem ser analisadas antes do procedimento?

Muita gente pode se beneficiar com a fotodepilação, mas para que o procedimento seja seguro e tenha resultados positivos, é necessário observar os seguintes aspectos:

  • Cor da pele: quanto maior o contraste com a cor dos pelos e a tonalidade da pele melhor;

  • Pessoas com variações hormonais, adolescentes, mulheres grávidas ou que estão na menopausa podem ter resultados diferentes — alterações hormonais, por exemplo, podem fazer com que os pelos cresçam mais rápido e mais grossos do que antes, comprometendo os resultados da fotodepilação;

  • Grau de envelhecimento da pele devido ao tempo ou estilo de vida;

  • Parte do corpo em que será feita a fotodepilação;

  • Condições de salubridade da pele (o procedimento só deve ser feito se a pele estiver totalmente saudável)

Além da verificação dos quesitos acima, é necessário evitar a exposição ao sol por 20 dias antes da fotodepilação e 10 dias depois. Isso vale para todas as sessões.

Qual a importância da cor da pele nesse processo?

Um dos fatores mais importantes para o sucesso da fotodepilação é o contraste entre o pelo e a pele. Ou seja, quanto mais escuro for o pelo e quanto mais clara for a pele, mais positivo deve ser o resultado. Por isso, pessoas de pele negra ou com pelos muito claros, geralmente, não conseguem resultados satisfatórios com a fotodepilação.

Em peles escuras, o que ocorre é que a luz pode confundir a melanina da pele com a do pelo, causando manchas. Por isso, nesses casos não é recomendado esse tipo de depilação duradoura. Já em pessoas com pelos muito claros, a falta de melanina dificulta a identificação dos pelos e, consequentemente, o procedimento não funciona bem.

O que é escala de cores de pele?

A nossa cor não é definida exclusivamente pela genética. Em 1976, o dermatologista Thomas B. Fitzpatrick elaborou uma escala de cores de pele, baseada nos genes herdados e nas condições externas.

Em outras palavras: para esse médico, nossa cor depende dos genes da nossa família, das características e condições do lugar em que vivemos e do nosso estilo de vida. Isso quer dizer que fatores como exposição ao sol, hormônios, idade, sexo e até mesmo alimentação influenciam na determinação do tom da pele.

Pensando nisso, Fitzpatrick criou uma escala com os seis tipos mais comuns de pele, considerando a genética e a forma como esse tecido reage ao sol. São elas:

Muito clara

São pessoas normalmente com cabelos claros ou ruivos, sardas e olhos azuis ou verdes. Esse tipo de pele é muito sensível e tende a ficar vermelha após tomar sol.

Clara

Esse tom de pele também é sensível ao sol e fica avermelhada após a exposição, porém, às vezes, pode ficar bronzeada. Pessoas com pele clara, em geral, têm olhos claros que vão do azul ao castanho-claro e os cabelos tendem a ser loiros ou castanho-claros.

Clara média

Pessoas com esse tom de pele têm facilidade para bronzear, embora ainda possam ficar vermelhas devido ao sol. Costumam ter cabelos escuros e a cor dos olhos pode variar do mais claro até o castanho.

Escura média

Esse tom de pele reage bem ao sol, bronzeando facilmente; raramente, fica vermelha. Pessoas com essa cor de pele normalmente têm cabelos e olhos escuros. É um tipo de pele muito comum no Brasil.

Escura

Essa pele é pouco sensível ao sol e fica bronzeada facilmente. Devido a maior quantidade de melanina, pessoas com essa pele tendem a ter cabelos e olhos escuros, variando entre o castanho e o preto.

Muito escura

Esse tom de pele é o mais escuro de todos e chega a ter nuances acinzentadas. Tem pouquíssima sensibilidade ao sol e nunca fica queimada com a exposição. Pessoas com essa cor de pele, em geral, têm cabelos e olhos bem escuros, entre o castanho-escuro e o preto.

Que resultados esperar da fotodepilação?

Como já vimos antes, os resultados podem variar de acordo com o tom de pele, a cor dos pelos e muitas outras variáveis. Em geral, espera-se que a depilação com Luz Pulsada dure por, no mínimo, um ano. Mas isso depende dos níveis hormonais, da genética e estilo de vida da pessoa.

Apesar da lista de Fitzpatrick ter apenas seis cores de pele, sabemos que existem muitas variações entre cada tipo. Por isso, se você está pensando em fazer fotodepilação, é aconselhável conversar com um profissional capacitado que irá instruí-lo corretamente sobre a indicação e os riscos.

Em geral, pessoas com a pele entre clara, clara média e escura média, podem fazer a fotodepilação, desde que não tenha outros problemas. É uma tecnologia incrível, mas deve ser feita com muito cuidado.

Se você tem pelos muito claros ou pele escura ou muito escura, não desanime! Existem outros métodos de depilação duradoura que podem ajudá-lo a alcançar seu objetivo.

Entendeu como a fotodepilação age? Ainda tem dúvidas sobre o procedimento? Comente no espaço abaixo e nos conte!

 

Você também pode gostar de:
Mais que depilação, temos diversas soluções para o cuidado do pelo. Serviços diferenciados, em um mesmo lugar, para atender todas as necessidades dos nossos clientes.
"Nossa missão é transformar vidas promovendo o bem-estar e autoestima das pessoas, respeitando a individualidade e a liberdade de ser o que quiser.

Somos referência nacional em depilação e pioneiros no segmento. Com mais de 20 anos de mercado, uma técnica exclusiva e atendimento diferenciado, carregamos a mesma essência em todas as mais de 100 lojas no Brasil e Venezuela. Nossa única preocupação na Depyl Action é proporcionar aos nossos clientes a melhor experiência em cuidados com o pelo.

Este é o nosso compromisso com você."


Danyelle Van Straten,
Diretora da Depyl Action